Histórias de uma Vida Nova conta a trajetória da classe média ascendente no Brasil

Milhões de brasileiros deixaram a base da pirâmide econômica nos últimos anos. Em 1992, a classe média brasileira (classe C) representava 32% da população. Hoje, já é mais da metade. O crescimento veio acompanhado da diminuição da pobreza, com a queda das classes D e E de 62% para 39% da população entre 1992 e 2009.

A mudança trouxe à tona um novo brasileiro. Uma pessoa que consome mais, mas que também se preocupa mais com a educação. Um indivíduo que reconquistou o direto de sonhar, mas que ainda está inseguro diante do novo mundo que se abre para ele.

Histórias de uma Vida Nova é uma série transmídia que vai colocar na tela os rostos desse novo Brasil. A cada episódio, acompanharemos a vida de um desses novos brasileiros de classe média – seus hábitos, seus gostos, sua rotina de trabalho e de lazer. Será uma visão pessoal e humana de um empreendimento econômico de toda uma nação. E, ao mesmo tempo, uma visão econômica do esforço individual de cada cidadão.

Paralelamente às histórias de vida, a série discutirá as bases sociais e econômicas que permitiram esse avanço, como a melhoria nos índices de educação, o aumento de oferta de emprego de carteira assinada, o crescimento do financiamento habitacional e o acesso às novas tecnologias.

Estrutura multiplataforma

Para contar essa história, nossa série se valerá de duas plataformas. Na televisão, episódios de 3 a 5 minutos cada mostrarão os rostos da nova classe média e seus anseios.Na web, iremos mais fundo. Além dos perfis desses novos cidadãos, abriremos espaço para que o internauta entenda melhor as bases sociais e econômicas que permitiram essa mudança.

Veja o hotsite do projeto.