Informação para combater o trabalho infantil

Cross Content e o combate ao trabalho infantil

Hoje (12/6) é o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Em seus 18 anos de vida, a Cross Content tem uma longa história nessa área.

O primeiro livro sobre o assunto, A caminho da escola – 10 anos de luta pela erradicação do trabalho infantil no Brasil (Instituto Souza Cruz), foi lançado em junho de 2002 num evento na Fundação Getulio Vargas.

Em 2003, publicamos o livro Crianças invisíveis (Andi, OIT, Unicef, Editora Cortez), que chamou atenção para a triste realidade do trabalho infantil doméstico. Um tema que também discutimos em reportagem especial na revista Maria, Maria, do então Unifem (hoje ONU Mulheres), em 2002, e no artigo “Trabalho doméstico: o espelho das desigualdades”, que está no livro Olhares femininos – Mulheres brasileiras (X Brasil), de 2006.

Na publicação 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança – Avanços e desafios para meninas e meninos no Brasil (Unicef), lançada em novembro de 2019, voltamos a falar sobre trabalho infantil, fazendo um balanço dos últimos 30 anos e dos desafios que temos pela frente, que não são poucos.

Segundo dados do IBGE de 2016, os últimos disponíveis, são 2,4 milhões de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos em situação de trabalho infantil no Brasil, 64,1% deles negros.

Mais livros

Conheça todos os 50 livros produzidos pela Cross Content. E, querendo saber mais sobre nosso trabalho, entre em contato.