Relatório editado pela Cross Content para o Unicef é lançado em Fortaleza

Livro Trajetórias Interrompidas, do Unicef, produzido pela Cross Content O livro Trajetórias Interrompidas foi lançado na segunda-feira (5/6), na Assembleia Legislativa do Ceará. A publicação – resultado de um estudo produzido pelo Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência – traça o perfil dos adolescentes que foram assassinados no Ceará em 2015, por meio de depoimentos de seus familiares. Pais, mães, irmãos, tias, primas e avós dos adolescentes mortos que contaram suas histórias para que elas não se repitam mais.

Capa do livro Trajetórias InterrompidasCom um enfoque inédito, o estudo ainda traz uma série de recomendações, baseadas em evidências da pesquisa. Em Fortaleza, por exemplo, 44% dos assassinatos aconteceram em apenas 17 dos 119 bairros do município. Metade dos adolescentes morreu a cerca de 500 metros de sua casa, vítimas de conflitos em sua própria comunidade. A maioria das vítimas são meninos, negros ou pardos e pobres.

Toda a produção editorial e visual da publicação, incluindo versões do folder em português, inglês e espanhol, foi realizada pela Cross Content, a partir de relatórios dos pesquisadores contratados pelo Comitê.

Trajetórias Interrompidas na mídia

O livro já foi tema de reportagens em diversos meios de comunicação, como BBC Brasil, G1 (Globo.com), Diário do Nordeste e O Povo. Veja também a matéria do site da ONU sobre o tema.

Download gratuito

O livro Trajetórias Interrompidas e o folder com os principais pontos do estudo estão disponíveis para download no site do Unicef: