Unicef e Undime lançam campanha de Busca Ativa Escolar para municípios e estados

Busca Ativa Escolar - campanha

“Fora da escola não pode, mesmo que a escola esteja funcionando em outros formatos”. É esse o mote da campanha de Busca Ativa Escolar, lançada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). A proposta é convidar cada município e estado a realizar uma grande mobilização local, com o objetivo de identificar quem não está tendo acesso à educação e tomar as medidas necessárias para garantir o direito de aprender.

A campanha reúne, no site da Busca Ativa Escolar um cardápio de peças que podem ser utilizadas gratuitamente e adaptadas por qualquer município e estado. Há, também, uma seção com orientações e dicas para que os municípios e estados possam criar suas campanhas, considerando quatro públicos principais: famílias, escolas, gestão pública e mídia local.

“A pandemia do novo coronavírus ampliou desigualdades e aumentou o risco de exclusão escolar no Brasil. Muitas meninas e muitos meninos que já estavam em situação de vulnerabilidade não estão conseguindo ter acesso à aprendizagem em casa, correndo o risco de não regressar às escolas na medida em que estão reabrindo. E quem já estava fora da escola antes da pandemia precisa ser identificado e levado de volta”, explica Ítalo Dutra, chefe de Educação do Unicef no Brasil. “Neste momento, é fundamental engajar cada município e estado para realizar a busca ativa escolar, indo atrás de quem está excluído da aprendizagem e tomando medidas para garantir o direito de aprender, bem como assegurar outros direitos. É esse nosso objetivo com a campanha”.

“A campanha da Busca Ativa Escolar é lançada num momento em que precisamos, mais do que nunca, voltar os nossos olhares para as crianças e os adolescentes e garantir-lhes o direito de continuar aprendendo mesmo na situação de excepcionalidade que ora vivenciamos. É notório que as redes municipais têm feito um grande esforço no sentido de criar estratégias para garantir o aprendizado dos alunos, bem como fortalecer e manter o vínculo destes com a escola, entretanto, sabemos que nem todos os estudantes estão sendo alcançados. Por isso, precisamos engajar toda a comunidade em campanhas como esta, que agora lançamos, para garantir que todas as crianças estejam aprendendo, mesmo que a escola esteja funcionando em outro formato que não o presencial”, afirma o professor Luiz Miguel Martins Garcia, presidente da Undime.

Cross Content na campanha

A Cross Content é parceira do Unicef e da Undime neste projeto, tendo realizado a produção da página web e mobile (design e conteúdo) e a criação de três videoclipes animados.

Desde o início da iniciativa Fora da Escola Não Pode!, há 11 anos, a Cross Content participa atuando no planejamento e na produção de conteúdos em diversos formatos como livros, sites, vídeos e materiais informativos e para treinamento.

Ao longo desse tempo, fizemos 12 livros e guias, dois hotsites, dois resumos executivos, dois fôlderes, dez podcasts, um webdocumentário e nove vídeos.

Para a Cross Content, comunicar é transformar. Acreditamos que a informação pode ter um papel crucial para a transformação e a estratégia Fora da Escola Não Pode! é prova disso.

Veja também os livros, o webdocumentário e os vídeos feitos pela Cross Content para a iniciativa.

Equipe

Conheça a equipe da Cross Content que participou do projeto:

  • Direção – Andréia Peres e Marcelo Bauer.
  • Arte – Vitor Moreira Cirqueira.
  • Edição de textos – Carmen Nascimento.
  • Checagem e revisão de textos – Luciane Gomide.
  • Edição de áudios e vídeos – Roberta Fabruzzi.
  • Locução – Linda Nogueira.