20 anos, 20 histórias: parceria histórica

Parceria Cross Content e agências da ONU

Cross Content 20 anosEm maio de 1999, uma matéria da jornalista Andréia Peres, hoje diretora da Cross Content, com imagens da fotógrafa Nair Benedicto, publicada originalmente na revista Claudia, foi reproduzida na revista Maria, Maria, do então Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem) no Brasil e nos países africanos de língua portuguesa. Intitulada “Incesto: quebrando o silêncio”, a reportagem fez parte da publicação que integrou uma campanha contra a violência doméstica.

A história é antiga e deu início a uma longa parceria com as agências da ONU. O Unifem virou ONU Mulheres e, desde 2001, é cliente da Cross Content.

Entre outros trabalhos, a Cross Content fez o primeiro relatório sobre a situação as mulheres no Brasil. Intitulado O Progresso das Mulheres no Brasil (Unifem, Ford Foundation e Cepia), a publicação foi lançada em 2006. O livro nasceu de um sonho conjunto de Andréia Peres, da Cross Content, e de Denise Dora (Ford) e Júnia Puglia (Unifem) de mostrar os avanços e os desafios da mulher brasileira rumo à equidade.

O Progresso das Mulheres no Brasil também foi o primeiro projeto multimídia da Cross Content. Seu conteúdo foi disponibilizado e ampliado num site que trazia conteúdo e espaço para participação dos internautas.

Nossa parceria com ONU Mulheres continua até hoje, em vários projetos de vídeo – em particular, as webséries Pequim 25 anos e a recém-lançada “Desigualdade de Raça e Gênero no Mundo do Trabalho”.

Unicef 

Em 2002, começamos outra longa parceria com a ONU. Desta vez, com o Unicef. De lá para cá, já produzimos mais de 30 livros, além de dezenas de vídeos, podcasts, sites e webdocumentário para a agência.

Esse trabalho rendeu à Cross Content dois prêmios internacionais: um Pearl Award de Excelência Editorial, concedido pelo The Content Council (EUA), para a versão em inglês do Situação da Infância Brasileira (2006), e um Best of Unicef Research, com a edição da pesquisa Trajetórias interrompidas — Homicídios na adolescência em Fortaleza e em seis municípios do Ceará. O livro foi um dos vencedores do prêmio Best of Unicef Research, em 2018, concorrendo com 105 projetos de todo o mundo.

Pnud e OIT

Por meio da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi), a Cross Content também produziu livros para a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Unesco. Durante a pandemia de covid-19, a empresa iniciou uma nova parceria com outra agência da ONU, o Pnud.

Com apoio da Fundação Bernard van Leer, a Cross Content produziu uma série de conteúdos para o Programa Criança Feliz, direcionados para gestantes, pais, mães e cuidadores de crianças de até 3 anos. A estratégia multimídia incluiu vídeos, áudios, infográficos, posts de redes sociais e conteúdos para WhatsApp.