20 anos, 20 histórias: fotojornalismo

20 anos, 20 histórias: fotojornalismo

Cross Content 20 anosNair Benedicto, João Ripper, Mila Petrillo, Sérgio Moraes, Gabriela Portilho, Ratão Diniz, Claudio Rossi, Emiliano Biancarelli, Gustavo Moura…A lista de fotógrafos parceiros da Cross Content, ao longo desses 20 anos, é grande e tem alguns dos principais nomes do fotojornalismo e da fotografia documental humanitária do Brasil.

Muitos, como Nair Benedicto, têm fotos no acervo dos principais museus do mundo, como o MoMa, de Nova York, ou o Smithsonian, de Washington, além de diversos prêmios nacionais e internacionais.

Veja um pequeno perfil deles e conheça um pouco dos seus principais trabalhos conosco.

Nair Benedicto

Tem trabalhos publicados nas principais revistas do mundo, como Time, Paris-Match, Stern e Newsweek. Suas fotografias integram os acervos de museus como o MoMa, de Nova York, e o Smithsonian Institute, em Washington. Realizou exposições em São Paulo, Rio de Janeiro e em países como França, Espanha, Cuba, Itália, Estados Unidos, Suíça, Equador e México. No YouTube há um documentário recente sobre a trajetória dela, o Fé menina, feito pela Ímã Foto Galeria.

Com a Cross Content, fotografou o trabalho infantil em vários estados do Sul e do Nordeste, em A caminho da escola (Instituto Souza Cruz). Também é dela a capa das duas edições de Direitos negados (Unicef), a imagem de um grafite fotografado na antiga Febem em São Paulo, além das fotos de O progresso das mulheres no Brasil (Unifem/atual ONU Mulheres).

João Ripper

Outro grande destaque entre os ícones da fotografia documental humanitária no Brasil e no mundo. Nos anos 1990, trabalhou com o Ministério Público e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) denunciando focos de trabalho escravo em minas de carvão no interior do país e fotografou durante duas décadas a saga dos índios guarani kaiowá em busca de direitos básicos. Também foi um dos fundadores da Escola de Fotógrafos Populares e tem dois livros lançados, Imagens humanas e Retrato escravo.

Com a Cross Content, fotografou os livros Situação da infância e da adolescência brasileira 2009 – O direito de aprender: potencializar avanços e reduzir desigualdades e Tecendo redes: Uma experiência de prevenção de DST/aids entre meninos e meninas em situação de rua, ambos do Unicef. Também fotografou o Relatório social 2007 da Microsoft Brasil.

Mila Petrillo

Tem em seu acervo mais de 400 mil negativos. Durante as décadas de 1980 e 1990, fotografou os principais personagens, peças, shows e espetáculos de Brasília, quando trabalhou no Correio Braziliense. Focada em projetos de arte-educação, lançou em 2007 o livro Arte de transformação sobre 50 ONGs que desenvolvem experiência inovadoras nesse sentido.

É dela a foto que ilustra a capa da série de três livros Em defesa dos direitos da criança e do adolescente, publicada pelo Unicef e a Editora Saraiva (2005), entre outros trabalhos, como relatórios para o Instituto Souza Cruz.

Sérgio Moraes

Editor-chefe de fotografia da Agência Reuters no Brasil, Sérgio Moraes começou a fotografar cedo, na década de 1980, e vem de uma família de grandes fotógrafos. Nana Moraes é sua irmã e seu pai, José Antônio de Moraes, foi um dos expoentes da equipe fotográfica do Jornal do Brasil nos anos sessenta.

Com a Cross Content, fotografou para o livro Tecendo redes: Uma experiência de prevenção de DST/aids entre meninos e meninas em situação de rua, do Unicef. A linda foto de capa é dele. Sérgio foi também diretor de fotografia de nosso webdocumentário Rio de Janeiro – Autorretrato.

Gabriela Portilho

Jornalista e fotógrafa com trabalhos para diversos veículos internacionais, como The New York Times, The New Yorker, New York Magazine, Wallpaper Magazine, National Geographic Latam e El País.

Com Gabriela, realizamos um trabalho muito especial: a cobertura do Festival O Boticário na Dança, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo.

Ratão Diniz

Fotógrafo formado pela Escola de Fotógrafos Populares, é hoje um dos mais importantes fotodocumentaristas do país. Integrou a agência Imagens do Povo e lançou seu primeiro livro Em foto (editora Mórula) em 2014. Seu trabalho transita entre os grafiteiros, as favelas e a cultura popular.

Publicou sua primeira foto em Direitos negados, relatório produzido pela Cross Content para o Unicef, em 2004. De lá para cá, fotografou para diversos outros livros do Unicef e, mais recentemente, da Fundação Bernard van Leer.

Claudio Rossi

Fotógrafo há 40 anos, passou por importantes redações como as do jornal O Globo, revista Veja e Época. Em 1991, ganhou o Prêmio Esso de Fotografia.

Com a Cross Content, fez várias fotos para a premiada revista Ideal comunitário, do Instituto Camargo Corrêa, e também a capa e as imagens internas do livro 10 desafios do ensino médio no Brasil, produzido para o Unicef, em 2015.

Emiliano Capozoli

Estudou jornalismo no Brasil e fez pós-graduação em fotografia em Londres. É colaborador da TV Folha desde 2012 e também já fez diversos trabalhos para as editoras Abril e Globo.

Com a Cross Content, produziu vídeos para PNUD, Conviva, Hospital Sírio-Libanês e outros clientes, além de fotos para o livro Da ciência à prática, da Fundação Bernard van Leer.

Gustavo Moura

Com 40 anos de profissão, o fotógrafo paraibano já recebeu prêmios importantes como o Prêmio Nacional Marc Ferrez, da Fundação Nacional de Artes (Funarte), e o primeiro lugar no Concurso Fotográfico Leica.

Com a Cross Content, fez uma série de imagens para a revista Ideal comunitário, do Instituto Camargo Corrêa.